13 de fev de 2014

Ser,ou não Ser?

                                                          




                  São perguntas que  algumas pessoas expressam verbalmente e outras as têm no interior.Em situações elas não possuem tanto valor.No entanto, na vida a dois essas indagações agem com um poder muito forte. Porque sentimento é um algo sigiloso e  não deve ser abusado.Quando se refleti essa expressão o que logo aparece é a dúvida. Alguém não sabe que decisão a tomar,fica em cima do muro como o povo diz.Todavia, na vida de um casal que se escolheram para viverem felizes a falta de clareza, firmeza, lealdade...São obstáculos que deve ser banidos com muita pressa.Pois, se esses tornarem imprudentes e forem deixando os lixos o final é não terem condições de remover os entulhos.Os cônjuges que se amam se assemelham a uma carta aberta todos que a vê lê algumas linhas daquela página,também comparo a um  espelho que refleti brilho. Já imaginou você precisar de um espelho e o mesmo está embarsado sem condições de lhe acudir,qual a sua reação? Você já observou que uma leitura que traz prazer  se repeti e sempre encontra coisas novas, elas são como uma fonte sempre sacia a cede.Assim seja a vida de todos os casais uma fonte de alegria, paz, fidelidade, amor... E isso germina como uma semente que está nascendo através da clareza,do diálogo,do apoio de ambos,da compreensão de se amarem e serem fiéis um para com o outro,perdoando e sendo capazes de renunciar o seu Eu. Lute,e vença a dúvida e destruindo o Ser,ou não Ser negativo de sua família.Sara Pereira